Palestra com Danie Bosman, considerado um dos maiores especialistas mundiais em raças adaptadas

O teste de performance avalia rigorosamente as características de ganho de peso, fertilidade, carcaça, aprumos, cascos e adaptabilidade.

O objetivo da avaliação é gerar animais equilibrados rigorosamente, que agreguem produtividade ao rebanho e dêem rentabilidade ao pecuarista. Além de avaliar todas essas características, os animais passam por uma série de medições, que apuram o crescimento, a precocidade sexual e a adaptabilidade dos animais. A seleção genética deve respeitar o equilíbrio entre rendimento de carcaça e eficiência reprodutiva. Pois de nada adianta ter um touro muito musculoso que não produza nenhuma prenhez a campo.