Mercado de reposição aquecido no Paraná

A movimentação no mercado de reposição no Paraná ganhou mais intensidade nas últimas semanas. A progressiva recuperação dos pastos devido às recentes chuvas é um dos fatores de motivação do pecuarista para repor os animais.

A maior demanda é pelas categorias mais geradas para engorda, o que puxou para cima as cotações. Em relação ao preço médio praticado em janeiro, o boi magro (12,0@) subiu 6,3% e tem sido negociado, em média, por R$1.850,00/cabeça.

Para uma comparação, em fevereiro de 2014 esta categoria era vendida por R$1.332,50, em média. Na média de todas as categorias de machos, os preços subiram 4,0% no período e o cenário de baixa oferta e demanda regular sinaliza que os preços deverão permanecer em ambiente firme em médio prazo.
Fonte

Entre no Grupo!