Alta das exportações de carne bovina no 1º semestre reforçam projeções de crescimento para 2019

As exportações brasileiras de carne bovina fecharam com alta no acumulado de janeiro a junho de 2019, de acordo com os dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), divulgados pela Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (ABIEC). O total do volume embarcado no período foi de 827.072 toneladas, crescimento de 25,5% em relação as 658.837 toneladas registradas no mesmo período do ano passado. Em relação ao faturamento, o primeiro semestre encerrou com receitas de US$ 3,120 bilhões, um crescimento de 16,2% ante 2018, quando o faturamento foi de US$ 2,658 bilhões.

Com o resultado, a Abiec mantém as projeções realizadas no final de 2018, que apontavam crescimento de 10% tanto em volume como em faturamento das exportações brasileiras em 2019. “Mantemos a nossa expectativa de crescimento nos resultados da exportação para 2019, dada a possibilidade de concretização de várias negociações em andamento”, avalia o presidente da Abiec, Antônio Jorge Camardelli.

As exportações no mês de junho fecharam com um total de 134.266 toneladas e faturamento de US$ 516,44 milhões.

Quando se observa os resultados do primeiro semestre de 2019 por categorias, o destaque é a carne in natura, que registrou volumes de 684.231 toneladas e receitas de US$ 2.593.800, crescimento de 28,06% e 18,56%, respectivamente, ante o mesmo período do ano passado.

Fonte: Abiec.

Deixe sua opinião!

Comentários

Por que Bonsmara?

"O aspecto mais importante da criação de gado de corte é sua adaptação a um ambiente específico."

- Prof. Jan Bonsma

Saiba mais sobre a raça Bonsmara e por que ela pode mudar a realidade de sua fazenda.

Apoio

Menu Bonsmara