Brasil faturou mais com exportações de carnes em janeiro

Dados do governo mostra também aumento nos volumes exportados de produto bovino, suíno e de frango in natura

A quantidade e o faturamento das exportações brasileiras de carnes in natura (bovina, de frango e suína) em janeiro avançaram na comparação anual segundo dados divulgados nesta quarta-feira, 1º de fevereiro, pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC). Já em relação a dezembro de 2016, houve um recuo no volume embarcado ao exterior de carne bovina e de frango, enquanto o de suína aumentou.

Em carne bovina in natura foram exportadas 87,1 mil toneladas, 11,7% mais ante as 78 mil toneladas de janeiro do ano passado e 0,2% abaixo das 87,3 mil toneladas embarcadas em dezembro último. A receita somou US$ 352,5 milhões, 15,6% mais do que os US$ 304,8 milhões obtidos em janeiro de 2016 e queda de 3,7% ante os US$ 365,9 milhões de dezembro. O preço médio pago pela tonelada, no entanto, subiu 3,5% ante janeiro de 2016, para US$ 4.044,71, e ficou 3,5% abaixo em relação à média de US$ 4.193,4/tonelada de dezembro.

Por que Bonsmara?

"O aspecto mais importante da criação de gado de corte é sua adaptação a um ambiente específico."

- Prof. Jan Bonsma

Saiba mais sobre a raça Bonsmara e por que ela pode mudar a realidade de sua fazenda.

ddd
logo
Group-2-copy1