Reprodutores Bonsmara saem a 61,2 arrobas

Fazenda Santa Silvéria, de Clélia Pacheco, fez a segunda oferta da raça no ano  Alisson Freitas A criadora Clélia Brissac Pacheco encheu o Recinto de Leilões Mello Moraes, em Bauru, SP, com o Leilão Fazenda Santa Silvéria, realizado na noite de 18 de setembro. Foram comercializados 106 animais com a genética trabalhada pela criadora em

Fazenda Santa Silvéria, de Clélia Pacheco, fez a segunda oferta da raça no ano 

Alisson Freitas

A criadora Clélia Brissac Pacheco encheu o Recinto de Leilões Mello Moraes, em Bauru, SP, com o Leilão Fazenda Santa Silvéria, realizado na noite de 18 de setembro. Foram comercializados 106 animais com a genética trabalhada pela criadora em Piratinga, no interior de São Paulo, e por convidados especiais, como a Fazenda Santa Joana. A fatura foi de R$ 802.800, com média geral de R$ 7.573.

Os touros foram os protagonistas da oferta, com 80 lotes à média de R$ 7.902. Na cotação do dia, o valor é equivalente a 61,2 arrobas de boi gordo para pagamento à vista na praça de Araçatuba (R$ 129/@). A média para os 60 produtos levados pela anfitriã foi de R$ 7.852, enquanto os 20 exemplares da Santa Joana atingiram cotação de R$ 8.052. “Os touros Bonsmara estão aptos para trabalhar a campo nas mais diversas regiões do País. Os filhos do cruzamento imprimem maior adaptabilidade, fertilidade e velocidade de ganho de peso”, avalia Clélia Pacheco.

Em números modestos, as fêmeas também conseguiram seu lugar ao sol, com 26 novilhas negociadas à média de R$ 6.563. Os 16 lotes da Fazenda Silvéria saíram à média de R$ 7.155, enquanto 10 dos convidados atingiram o preço médio de R$ 5.616.

Foi o segundo leilão com exclusivo de Bonsmara de 2014, superando o ano passado em oferta de animais e faturamento. De acordo com o Banco de Dados DBO foram comercializados até o momento 112 machos, ao preço médio de R$ 8.044; e 56 fêmeas a R$ 8.029, totalizando 168 animais por R$ 1,3 milhão. Em todo o ano passado, a raça movimentou R$ 708.680.

A organização foi da Central Leilões e a transmissão do Canal do Boi. As vendas foram seladas na batida do martelo do leiloeiro Lourenço Miguel Campo, com pagamentos distribuídos em 24 parcelas.

 

Deixe sua opinião!

Comentários

Por que Bonsmara?

"O aspecto mais importante da criação de gado de corte é sua adaptação a um ambiente específico."

- Prof. Jan Bonsma

Saiba mais sobre a raça Bonsmara e por que ela pode mudar a realidade de sua fazenda.

ddd
logo
Group-2-copy1
Menu Bonsmara