Características do ganho de peso da raça Bonsmara

Confira o que o pecuarista da raça Bonsmara José Carlos Delfim Miranda fala sobre o ganho de peso de entrada, desempenho, média ponderal e ganho diário nos animais machos castrados e fêmeas Bonsmara.

“Trabalhando somente com 85% de milho e 15% de concentrado Premix e nosso ganho médio em 100 dias é de aproximadamente de 1.6 kg até 1.7 kg por dia, trabalhamos inicialmente com pouco mais de 15% de concentrado que é para aumentar a proteína e para os animais além de engordarem crescerem um pouco mais. Essa alimentação fica um pouco mais cara, mas conseguimos colocar um animal um pouco mais precoce no confinamento. Os machos entram no confinamento com aproximadamente 350 kg ou mais e as fêmeas entram a partir de 300 kg e podem chegar de 450 kg até 480 kgs e os machos terão de 500kg até 530 kg, utilizando a média ponderal e depende do peso final do abate.

A vantagem das fêmeas é que elas têm um acabamento mais precoce, dão mais marmoreio e maior cobertura de gordura, os machos são mais tardios e como o macho Bonsmara tende à ter um pouco mais de musculosidade ele terá um menor índice de marmoreio e de gordura, por isso precisamos deixá-los no mínimo 120 dias no confinamento para ter um acabamento tolerável, por isso quando trabalhamos com fêmeas é mais fácil e rápido.
Há 2 anos estamos trabalhando com touros com menos musculatura, touros feitos com ultrassonografia, touros com alto índice de marmoreio, chegando a dar 60% de marmoreio nos animais, ou seja, perdemos um pouco da musculatura dos machos mas em compensação ganhamos um pouco mais de gordura e marmoreio, seria uma carcaça mais semelhante a carne do Angus.

Saímos um pouco da excessiva musculatura, o que acredito ser primordial para quem quiser partir para o nicho de carne de alto índice de marmoreio, com o objetivo de agregar valor a carne dos animais, queira ou não, todo pecuarista tem que partir para os touros de alto índice de marmoreio e gordura.

Com esses touros nós vamos aumentar nas fêmeas o índice de prenhez, dando um pouco mais de caracterização feminina com um índice mais alto de fertilidade. O único quesito no qual se perde é na masculinidade e na musculatura dos machos, mas penso que se tem mais a ganhar do que perder.”

Palavra de José Carlos Delfim Miranda, pecuarista da raça Bonsmara.

Editado por Bonsmara ABCB.

Deixe sua opinião!

Comentários

Por que Bonsmara?

"O aspecto mais importante da criação de gado de corte é sua adaptação a um ambiente específico."

- Prof. Jan Bonsma

Saiba mais sobre a raça Bonsmara e por que ela pode mudar a realidade de sua fazenda.

Menu Bonsmara